Terça-feira
20 de Agosto de 2019 - 

NOTÍCIAS

Newsletter

Cadastre-se para receber atualizações, notícias e artigos.

21/05/2019 - 15h24TJMG sedia 5º Fórum de Boas Práticas em AuditoriaEvento reunirá representantes de todos os tribunais do País

Objetivo de evento é discutir boas práticas em auditoria interna Três dias para a discussão do aprimoramento da administração pública e para a capacitação quanto a mecanismos relacionados. Essa é a promessa do 5º Fórum de Boas Práticas de Auditoria e Controle Interno do Poder Judiciário, que ocorrerá de 22 a 24 de maio, das 8h às 18h, em Belo Horizonte, e é voltado para integrantes de órgãos com essa atribuição de todo o Brasil. O evento é uma realização conjunta do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), com o apoio da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef), do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-3), do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais (TJMMG) e do Tribunal Regional Federal da 1ª Região – Seção Judiciária de Minas Gerais (TRF-1). As atividades se darão no Auditório do Anexo I do TJMG (Rua Goiás, 229 – Centro) A auditora interna do TJMG, Maria Cristina Monteiro Cheib, destaca que o evento é uma chance para crescimento pessoal e profissional de todos os participantes, com o compartilhamento de saberes persos e especializados, e o consequente benefício a suas instituições de origem.  "O objetivo é conhecer técnicas e práticas de auditoria observadas nos demais tribunais, que possam também a ser aplicáveis no âmbito do TJMG. Com isso, esperamos aprimorar a atuação da Auditoria Interna em seus exames e análises, e, consequentemente, obter o aperfeiçoamento dos controles internos da gestão", afirma. Governança e boas práticas Especialistas e técnicos de várias cortes do país, do Tribunal de Contas da União, do Superior Tribunal de Justiça e do Conselho Nacional de Justiça debaterão conceitos como governança, gestão e monitoramento de riscos, auditoria e controle interno, por meio de palestras e apresentação de práticas bem-sucedidas. O curso, com carga de 22 horas, é direcionado a servidores de auditorias. Apesar de a ênfase ser nos setores de auditoria interna de órgãos do Poder Judiciário, houve interesse de integrantes de outras instituições públicas, que, dentro da disponibilidade de vagas, foram contempladas. O objetivo é que as unidades envolvidas melhorem suas condições de avaliar o ambiente de governança em que estão, adotem rotinas marcadas pelos princípios de legalidade, moralidade, impessoalidade ou finalidade, publicidade e eficiência, analisem a própria atuação e elaborem recomendações que visem ao aperfeiçoamento dos controles internos da Administração. Histórico A necessidade de cooperação recíproca na área pública levou servidores das unidades de auditoria e controle interno do país a compartilhar informações técnicas e prestar auxílio mútuo na execução de exames de auditoria e ações de controle, por meio de grupos de e-mails e rede sociais. A evolução de tais ações culminou com a organização do Fórum, de periodicidade anual, visando à pulgação e discussão de boas práticas de auditoria de modo sistematizado. Os eventos anteriores ocorreram nas cidades de Cuiabá (2015), Brasília (2016) e Recife (2017) e São Paulo (2018). A lógica de construção coletiva marca esse trabalho e foi usada também na escolha dos assuntos em pauta para esta edição. Os temas foram definidos a partir das propostas dos próprios integrantes, por meio de grupos do Telegram, WhatsApp e do e-mail do Google. De acordo com o assessor técnico Fabrício dos Reis Santos, da Auditoria Interna do TJMG (Audit), o público-alvo inicial foi aumentando, dado o interesse de segmentos como o Ministério Público, Tribunal de Contas e de universidades federais. Discussão prévia O desembargador Rogério Medeiros falou aos presentes Na tarde de 21 de maio, um módulo destinado a 30 gestores do TJMG, sem custo para a instituição, ocorreu no Auditório do Tribunal Regional Eleitoral mineiro. O evento contou com a participação do desembargador Rogério Medeiros, vice-presidente e corregedor do TRE-MG.
21/05/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia