Segunda-feira
14 de Outubro de 2019 - 

NOTÍCIAS

Newsletter

Cadastre-se para receber atualizações, notícias e artigos.

OAB Minas leva reivindicações de doze subseções ao presidente do TJMG

09/07/2019 10:00:59 OAB Minas leva reivindicações de doze subseções ao presidente do TJMG O presidente da OAB Minas, Raimundo Cândido Júnior, juntamente com uma comitiva de autoridades, dentre eles, juízes, promotores e prefeitos, assim como persos advogados de subseções do estado, se reuniu com o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Nelson Missias, para apresentar reinvindicações da advocacia, nesta segunda-feira (8/7). Alpinópolis:o pleito do presidente da subseção, Geovani Matos, foi à construção de um novo fórum para a comarca, sendo que a resposta do tribunal é que o fórum atual será reformado e ampliado. Arinos:a presidente da subseção, Aline Cordeiro, solicitou a nomeação de um juiz para a comarca, ou pelo menos a ida de um juiz cooperador para tentar diminuir os 4.000 processos existentes. O tribunal irá analisar o caso para tomar providências. Conceição das Alagoas:o presidente, Helder Lima, pediu a averiguação do tribunal referente ao tamanho da sala da OAB no projeto de construção do novo fórum, o que será estudado pelo TJMG. Muriaé/Carangola:as subseções se juntaram, assim como a subseção de Manhuaçu, para solicitar a criação de uma turma recursal dos juizados especiais em Manhuaçu, visando celeridade processual para os jurisdicionados e advogados. O presidente da subseção de Muriaé, Cristiano Rodrigues, esteve presente no tribunal, assim como o procurador de Carangola, Carlos Roberto Loureiro. Ouro Branco:O presidente, Márcio Vieira, solicita um juiz para a comarca devido ao acúmulo de processos. O desembargador Nelson Missias salientou que existe previsão de concurso para agosto e até dezembro a comarca deve contar com um magistrado e ainda destacou que vai ser instalada uma unidade da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC) no município. Rio Pardo de Minas:a subseção presidida por Ronan D'Angelis, também reivindica um juiz para a comarca, que atende as cidades de São Antônio do Retiro, Vargem Grande e Montezuma, além de Rio Pardo. O TJMG irá analisar o caso para tomar providências. Santa Luzia:o presidente, Francisco Gabrich, relatou a falta de juiz na comarca de Jaboticatubas, que pertence a Santa Luzia, e destacou que um juiz de Sete Lagoas está cooperando na cidade. O tribunal pediu para aguardar o juiz se inteirar do trabalho em Jaboticatubas, já que começou a cooperar há duas semanas. Unaí:já o presidente da subseção, Luciano Ribeiro tratou de problemas enfrentados em relação a audiências de custódia na comarca. O assunto será encaminhado para a corregedoria para que seja analisado. Varginha:o representante da subseção, Wesley Monteiro, disse enfrentar problemas nas varas cíveis referentes aos alvarás judiciais, e o tribunal disse que o tema será tratado pelo juiz auxiliar da Corregedoria que responde pela região do sul de Minas. Perdões:a presidente, Glícia Resende, também destacou a falta de juízes e servidores, e o presidente do TJMG Nelson Missias citou novamente a previsão de concurso para agosto e designação de magistrados para as comarcas em dezembro. Itajubá:o presidente da subseção, Alexandre Masselli, solicitou a manutenção da 3ª vara cível e a criação da 2ª vara criminal. Hoje integram a comarca os municípios de Delfim Moreira, Marmelópolis, Piranguçu e Wenceslau Braz e os distritos de Barra, São José do Rio Manso e Itererê. O desembargador Nelson Missias solicitou que fosse feito levantamento junto ao IBGE para verificar se existem 130 mil habitantes nas comarcas pertencentes a Itajubá, o que é pré-requisito para transformar a comarca em entrância especial. OAB Minas leva reivindicações de doze subseções ao presidente do TJMG
09/07/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia