Segunda-feira
30 de Março de 2020 - 

NOTÍCIAS

Newsletter

Cadastre-se para receber atualizações, notícias e artigos.

20/02/2020 - 12h20Programa Jovens Parceiros colhe bons frutosAnálise dos resultados obtidos e ampliação do projeto foram tema de reunião

Reunião avaliou seis meses de trabalho dos jovens parceiros no TJMG A parceria firmada entre o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a MRV Engenharia e Participações S.A. e a Associação Profissionalizante do Menor de Belo Horizonte (Assprom) para contratação de jovens já rende bons resultados. Essa foi a avaliação do presidente do TJMG, desembargador Nelson Missias de Morais, durante reunião para apresentação dos números após seis de meses do início da parceria. No contrato firmado em julho de 2019, foram oferecidas 100 vagas para jovens na faixa etária de 14 a 24 anos, contratados pela MRV e cedidos ao TJMG. Dessas 100 vagas oferecidas, 87 já foram preenchidas.  As comarcas contempladas com o programa foram Betim, Contagem, Santa Luzia e Sete Lagoas, além da capital mineira, que recebeu os adolescentes no Fórum Lafayette e na Unidade Raja Gabaglia. O presidente Nelson Missias de Morais destacou que a iniciativa tem uma dimensão social, ao promover a cidadania e oferecer oportunidades para o crescimento profissional desses jovens. "A meta agora é ampliar o programa Jovens Parceiros," concluiu o presidente. A juíza auxiliar da Presidência Rosimere das Graças do Couto disse que o resultado do projeto tem sido muito positivo, tanto para o Tribunal, que recebe uma nova força de trabalho, quanto para os jovens aprendizes, que ganham em experiência profissional e social. Esteve presente também na reunião a superintendente da Coordenadoria da Infância e da Juventude (Coinj), desembargadora Valéria Rodrigues Queiroz. Ela comentou que não houve nenhuma ocorrência envolvendo os jovens, que foram bem acolhidos nos cartórios judiciais. Jovens gravaram vídeo relatando atividades nas varas judiciais Exemplo Para o diretor executivo da MRV, Rafael Rocha Lafetá, a iniciativa foi testada e aprovada. “Esperamos que outras empresas sigam esse exemplo vitorioso.” Ele explicou que, além de cumprir uma cota legal do programa de aprendizagem, o projeto tem uma função social relevante para esses meninos e a sociedade como um todo. "Além de dar oportunidade de trabalho, as avaliações demonstram que eles têm um bom rendimento na escola e bom comportamento social. Estamos muito felizes com os resultados obtidos, e em ver que os jovens estão aproveitando bem essa oportunidade. Estamos transformando a vida das famílias participantes do projeto. Só temos a agradecer ao TJMG, à Assprom e a todos os envolvidos”, afirmou o diretor executivo. Solidariedade e cidadania Para o presidente da Assprom, Carlos Augusto de Araújo Cateb, o principal ganho para esses adolescentes é a convivência com pessoas de bom nível cultural, somados à percepção da disciplina no trabalho, permitindo o enriquecimento para a formação pessoal deles. Sobre o trabalho da Assprom, ele explicou que psicólogos, assistentes sociais e pedagogos oferecem assistência diária para os adolescentes. “Não apenas no projeto Jovens Parceiros, mas também para os 2,8 mil jovens atendidos em todo o estado. E ver o resultado positivo para os adolescentes nos alegra e orgulha. Ficamos engrandecidos por atender mais de 95 mil adolescentes que hoje estão fazendo e colhendo o bem.” A supervisora da Assprom no TJMG, Ana Cláudia, disse que a empresa desenvolve um trabalho que vai além da oportunidade do primeiro emprego, com apoio às frentes da família, da saúde, do esporte e da cultura. “Trata-se de uma aposta no desenvolvimento do ser humano, integrando-o em várias frentes”, sintetizou. Copa União de Futebol A Assprom realiza, há mais de 30 anos, a Copa União de Futebol, torneio que envolve os aprendizes de todas as contratantes filiadas à empresa. "O time é criado de acordo com o local de trabalho deles, o que favorece o contato dos jovens uns com os outros", explica Ana Cláudia. Os jogos são abertos, têm premiações e são apitados por juízes da Federação Mineira de Futebol. Todos os adolescentes e aprendizes da Assprom podem se inscrever, até a primeira semana de março. Para se inscrever basta procurar a Divisão de Atividades Complementares (Dacom), com horário de atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pelos telefones (31) 3207-5620/5622/5623.  
20/02/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia