Terça-feira
10 de Dezembro de 2019 - 

NOTÍCIAS

Newsletter

Cadastre-se para receber atualizações, notícias e artigos.

12/11/2019 - 19h00TJMG e Polícia Civil discutem comunicação de flagrantesTramitação ganhará agilidade por meio do sistema Rupe

A tramitação da comunicação de flagrantes, por meio do Rupe, representa um importante aprimoramento para o sistema criminal   Por meio do sistema Repositório Unificado de Procedimentos Eletrônico (Rupe), ao qual todos os juízes de Minas têm acesso, a comunicação dos flagrantes passará a ser feita praticamente em tempo real para os magistrados. O anúncio foi feito nesta terça-feira (12/11), em reunião do presidente Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias de Morais com representantes da Polícia Civil. Eles se reuniram para tratar da tramitação da comunicação de flagrantes.   De acordo com Nelson Missias, a medida trará muita agilidade nos exames desses casos. “Os juízes poderão examinar a possibilidade de conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva, ou a concessão de alguma medida cautelar persa da prisão”, explicou o juiz auxiliar da Presidência, Luiz Carlos Rezende e Santos. Em alguns casos, acrescentou, não será mais necessária a realização da audiência de custódia. O magistrado informou ainda que o Judiciário e a Polícia Civil já estão alinhados com as unidades judiciárias no que se refere à tramitação de inquéritos dos crimes dolosos contra a vida e daqueles relacionados à violência doméstica. O objetivo também é reduzir a morosidade. Participaram da reunião o presidente do TJMG, desembargador Nelson Missias; o juiz auxiliar da Presidência, Luiz Carlos Rezende e Santos; o corregedor-geral de justiça, desembargador Saldanha da Fonseca; o juiz auxiliar da Presidência Delvan Barcelos, coordenador da Diretoria Executiva de Informática (Dirfor); a superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, Ana Cláudia Oliveira Perry; o delegado Breno Azevedo de Carvalho, coordenador de sistemas da Polícia Civil; o juiz Christyano Generoso, diretor do foro da Comarca de Belo Horizonte; e o secretário especial da Presidência do Tribunal mineiro, Guilherme Augusto Mendes do Valle.  
12/11/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia